QUEM SÃO OS ORIXÁS!!

Quais as forças que regem a nossa vida, nossa alma e nosso destino!

A Umbanda, cultua os mesmos Orixás cultuados pelos povos das Nações Kêtu e Nagô, assim como no Candomblé, a diferença está na forma de cultua-los.

Todos os dias vários leitores me perguntam sobre seu orixá de cabeça, o que não é tão simples de responder já que o Orixá de Cabeça age em nível muito pessoal.

A maior parte das pessoas, deseja conhecer seu Orixá de Cabeça, assim como deseja conhecer seus anjos protetores e seus números pessoais, na tentativa não só de encontrar respostas, principalmente por acreditarem que assim despertarão um grande poder mágico.

Na verdade, conhecer o Orixá que nos rege não é uma solução mágica que através de seus mistérios explicará o motivo de seus contratempos ou mesmo lhe trará a solução para superar os obstáculos futuros.

Ao conhecer seu Orixá de Cabeça, você na verdade terá a revelação dos compromissos assumidos e da jornada que terá que trilhar em seu caminho espiritual evolutivo, para alguns estará mais para um fardo a ser carregado do que para um alívio, ao saber o orixá que lhe rege, você descobrira na verdade a real missão que deve cumprir e junto com ela as Dívidas Kármicas a serem pagas bem como as Lições Kármicas à serem aprendidas.

Mas antes de tudo isto eu lhes pergunto: Você sabe o que é um Orixá?

As imagens que encontramos nos altares dos centros de Umbanda têm a função de impor um respeito único aos frequentadores induzindo uma postura respeitosa, silenciosa e reverente.

As imagens apenas representam os Orixás, até por que o mais usual é utilizar na montagem do Congá o sincretismo religioso, uma associação através da semelhança entre as características de um Orixá e as de um santo católico.

Ao se reverenciar ou cultuar um Orixá, deve-se ter em mente que:

  • Ogum não é São Jorge apenas se assemelha a ele em sua qualidade guerreira
  • Oxalá não é Jesus Cristo apenas traz o mesmo sentido de paz, compreensão, amor incondicional, e assim se dará com cada imagem.
  • Orixá não é um santo, o santo e um espírito desencarnado que viveu em alguma época no plano material como nós; e por suas virtudes foi canonizado pela igreja católica.
  • Orixá também não é anjo, anjos são mensageiros de Deus.
  • Orixá não é entidade, entidades são espíritos de luz que nos trazem mensagens e orientações do plano espiritual.
  • Orixá é uma Divindade, é um ser Divino, um mistério de Deus, uma exteriorização representante das energias vibracionais, exclusivo de Deus.
  • Então há de se entender que na Umbanda:
  • Orixá nunca encarnou, não é mensageiro, não é santo, nem dá consultas.

O Orixá representante qualidades Divinas, seus atributos e sentidos.

Orixá vem da cultura africana Nagô – Yorubá.

São Divindades criadas a partir de Olorun, que é o Deus Supremo onipresente, onipotente e onisciente.

A Umbanda cultua os Orixás através de suas qualidades, elementos e mistérios.

Umbanda é a Natureza, está na Natureza e em todos os elementos naturais.

Esses elementos naturais podem ser as águas minerais ou cristalinas, as ervas, flores ou plantas, as pedras ou os minérios, que simbolizam a força e o Mistério do Orixá.

 

“VIVA CADA DIA MELHOR”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *