SANTA SARA KALI

Santa Sara Kali, Padroeira do Povo Ciganos, Santa Canonizada em 1712 pela Igreja Católica, Orientadora da Linha Cigana na Umbanda; protetora dos exilados, dos desesperados, das mulheres que querem engravidar e do bom parto, traz ainda a saúde e a prosperidade.

Muitos mitos, versões e lendas formam a história desta Santa; Padroeira e Protetora, Escrava no Egito, Princesa, filha de Jesus Cristo e Maria Madalena ou serva de uma das três Marias; seu culto se liga ao das Virgens Negras, como Nossa Senhora Aparecida no Brasil, Virgem da Candelária na Colômbia, Nossa senhora de Guadalupe no México, Nossa Senhora da Eremita na Suíça, Nossa Senhora de Nazaré em Portugal.

Aqui no Brasil Santa Sara Kali, divide a preferência dos Ciganos Brasileiros com Nossa Senhora Aparecida e São Jorge Guerreiro.

Contam antigas lendas francesas que abordam à descendência de Jesus Cristo e Maria Madalena que durante a perseguição aos cristãos ocorrida nos anos seguintes à crucificação, alguns dos discípulos do Grande Kabir e pessoas próximas ao “Divino Casal” fugiram da Judeia em um barco e chegaram à costa sul da Gália, atual França.

A embarcação estaria levando Maria Salomé, mãe de João e Tiago, os irmãos Lázaro, Maria Madalena e Marta, a tia de Jesus Cleofas e entre outros uma jovem de pele morena vinda do alto Egito, de nome Sara, que dentro do barco à deriva, prometeu usar um lenço sobre os cabelos para o resto de sua vida, se chegassem em terra a salvo, para as mulheres palestinas o lenço sobre os cabelos é um sinal de pureza.

Milagrosamente o barco à deriva chegou a cidade Francesa que hoje é chamada de Sante Maries de La Mer ou Santas Marias do Mar, nome dado justamente em homenagem às santas mulheres que ali chegaram conduzidas pela providência divina; e com todos a salvo.

E assim, Sara cumprindo com sua promessa, viveu uma vida de pureza dedicada a Jesus Cristo sendo este um dos motivos de haverem aos pés da imagem de Santa Sara na pequena cidade francesa de Sante Maries de La Mer centenas de lenços, pois as mulheres que lhe pedem alguma graça e a alcançam, prometem em gratidão colocar um lenço aos seus pés, seguindo a mesma promessa de Santa Sara.

No entanto ao chegarem a Sante Maries de La Mer, todos por serem brancos, foram acolhidos, menos Sara, por ser escrava egípcia e negra.

Abandonada, foi acolhida por um grupo de ciganos que estavam que diante deste fato, passaram a cuidar de Sara.

Posteriormente em sua morte, o grupo de Ciganos recorreram a igreja da vila para lá realizar seu funeral, mas devido ao preconceito da época, tiveram seu pedido recusado pelos Católicos, assim os Ciganos fizeram uma espécie de gruta/igreja para Sara; a mesma visitada até hoje por seus fiéis, por ter sido uma pessoa muito querida em vida, os Ciganos passaram a lhe recorrer com pedidos, e Sara em espírito os atendia, realizando verdadeiros milagres.

Foi este o motivo que tronou Sara a Mãe e a Rainha dos Ciganos, honrando-os e protegendo-os.

Já o apelido ou sobrenome carinhosamente atribuído a Santa Sara, Kali tem origem em sua pele morena; no hebraico a palavra Kali, significa “Negra” este é o motivo de nas imagens, Santa Sara ser representada como uma mulher de pele negra ou mulata, já para os Calons Santa Sara Kali, se traduz em “à Cigana”; mas sempre tendo sobre a cabeça o seu famoso lenço, símbolo de sua pureza e consagração a Deus.

A atribuição de Santa Parteira e protetora do bom parto, tem origem na crença de que Santa Sara foi a mulher que ajudou Maria Santíssima na hora do nascimento de Jesus Cristo e este é o motivo principal pelo qual as mulheres ciganas à tem tanta devoção.

Para a mulher cigana, o milagre mais importante da vida é o da fertilidade, pela tradição quanto mais filhos tiver, mais dotada de sorte será e mais consideração de seu povo terá.

Este o principal motivo de as mulheres ciganas terem desenvolvido a arte de simpatias e garrafadas milagrosas para fertilidade, já as que não conseguiam ter filhos ou tem dificuldade em engravidar, fazem suas promessas a Santa Sara Kali, que se atendidas, irão à cripta da Santa, para uma noite de vigília e depositar como agradecimento a seus pés um lenço (diklô); o mais belo que encontrassem, este e outro motivo de se depositar lenços aos pés de sua imagem.

Estas são algumas das principais crenças e historias entre os mistérios que envolvem a origem da crença e fé em Santa Sara Kali.

Se foi escrava, princesa, dama da alta sociedade, servente de uma das três Marias; herdeira de Jesus Cristo com Maria Madalena ou se com ele conviveu, jamais saberemos de fato.

A única verdade que sabemos é que Santa Sara Kali oferece a proteção sempre benéfica através de suas vibrações e cujas emanações simbolizam o ventre materno, seu sorriso, a irmã e a rainha: a “phuri dai” secreta dos Roms.

Conta a História que as pessoas de bom coração são capazes de ver o sorriso na Imagem de Santa Sara Kali.

Oração a Santa Sara

“Santa Sara, minha protetora, cubra-me com seu manto celestial. Afaste as negatividades que porventura estejam querendo me atingir. Santa Sara, protetora dos ciganos, sempre que estivermos nas estradas do mundo, proteja-nos e ilumine nossas caminhadas. Santa Sara, pela força das águas, pela força da Mãe-Natureza, esteja sempre ao nosso lado com seus mistérios. Nós, filhos dos ventos, das estrelas, da Lua cheia e do Pai, só pedimos a sua proteção contra os inimigos. Santa Sara, ilumine nossas vidas com seu poder celestial, para que tenhamos um presente e um futuro tão brilhantes, como são os brilhos dos cristais. Santa Sara, ajude os necessitados; dê luz para os que vivem na escuridão, saúde para os que estão enfermos, arrependimento para os culpados e paz para os intranquilos. Santa Sara, que o seu raio de paz, de saúde e de amor possa entrar em cada lar, neste momento. Santa Sara, dê esperança de dias melhores para essa humanidade tão sofrida. Santa Sara milagrosa, protetora do povo cigano, abençoe a todos nós, que somos filhos do mesmo Deus. Santa Sara, rogai por nós. Amém.”

“VIVA CADA DIA MELHOR”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *